segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Two pieces of a broken heart - Parte 2

Me remexo na cama em busca de uma posição mais confortável, parece impossível dormir. Os primeiros indícios de que a manhã se aproxima entram pelas frestas da janela, a luz é clara o suficiente para fazer com que eu enxergue o quarto quase por inteiro. Decido levantar, pois não consigo mais dormir, sonhos terríveis invadem o meu sono.
Vou até a cozinha e coloco o café na cafeteira, me sento em uma das cadeiras da mesa com os braços apoiados nela as mãos sobre o meu rosto. Três dias, exatamente três dias desde que o meu mundo se foi, três dias desde que a minha vida mudou completamente.
Escuto passos no corredor, alguém está vindo em minha direção, mas eu não olho.
— São cinco e meia da manhã, você sabia? — é a Lana que fala comigo, minha irmã mais velha.
— Não. Eu não consigo dormir e você? — pergunto.
— Também não. É um barra isso não é? Você quase não fala mais nada. Você não pode ficar assim o tempo todo. — olho para ela e vejo que já se sentou na cadeira a minha frente.
É claro que eu não falo nada, como é possivel achar palavras agora, qual o sentido que elas fariam na minha vida. Eu não sei nem o rumo que eu posso tomar, não sei como fazer para seguir aquele famoso "em frente".
— Se fosse tão fácil desligar os sentimentos, eu agradeceria, pelo menos eu viveria em paz.
— A mamãe disse que quer que você faça uma viagem. Para esfriar a cabeça.
— Viagem? Quando ela te disse isso? —  pergunto.
— Ontem. Ela viu como você está, Demi. Não é segredo pra ninguém, você esta arrasada assim como nós, até mais que eu sei. Ela disse que queria que você fosse para o campo, a casa da vovó, lá é bem tranquilo e você se recuperaria bem.
— Desse jeito parece até que eu sou maluca.
—  Não! Não é isso, Demi. Olha, vai ser bom, eu concordo com a mamãe. Lá é um lugar tranquilo, é bom pra você sair desse ambiente pesado.
— Eu sei, e agradeço por isso. Mas não vejo como essa viagem pode mudar o que aconteceu.
— Não vai mudar, mas pode fazer você se sentir melhor, com tudo isso que aconteceu, você com certeza está com a cabeça cheia.
— Ah. — minha voz embarga e eu sinto meus olhos encherem de lágrimas quentes. — Eu queria poder mudar isso. Eu não consigo, Lana. Eu to acabada, eu quero a minha vida de volta, quero meu Jimmy de volta.
— Oh, Demi. Não chore, por favor. —  ela se senta ao meu lado e me abraça. — Faça isso, vá para a casa da vovó. Você vai se sentir melhor.
— Mhm.
Ficamos minutos abraçadas, ela fazendo carinho em meus cabelos enquanto eu choro, choro e tento por pra fora toda a dor, tudo que invade o meu peito de uma forma que machuca.
Sinto o cheiro de café e faço a menção de me levantar. Lana me para e diz para eu ficar e que ela me trará uma xícara. Logo que sinto a louça quente em minhas mãos, começo a beber o café que esta bem quente. Café. Jimmy adorava beber café, sempre nos dias frios ele me trazia aqueles copos gigantes cheio café expresso. Eu nunca apreciei muito a bebida, mas aceitava por ele. Hoje isso é essencial para mim, porque a cada gole que eu bebo é como se ele estivesse aqui comigo.
Lembro da primeira vez que ele me trouxe café e eu disse que não gostava, ele me respondeu: "Café é uma coisa que não pode faltar no meu dia, se eu não beber meu dia não começa. É a mesma coisa com você, se eu não ouvir a sua voz, meu dia não abre, ele fica nublado e triste. Porque você é o motivo do meu sorriso". Desde esse dia, ele sempre me trouxe. E desde esse dia, todo cheirinho de café me fazia lembrar dele e é por isso que agora café faz parte do meu dia.
Termino o meu café e subi direto para o meu quarto, os raios de sol já começaram a surgir, mas não faz diferença. Deito na minha cama e tento adormecer, mas não consigo.
Mamãe quer que eu saia da cidade, mas não vejo como isso pode me ajudar, não vejo como isso pode mudar alguma coisa. Mas e se ela tiver razão? E se eu realmente estou com a cabeça cheia? Sera que ela por um segundo pensou que eu poderia ser capaz de fazer algo grave?
Pensando bem, pode ser bom pra mim, não tenho nada a perder indo para lá. Então é isso. Fazer as malas e ir.

...

Segunda parte pra vocês, eu sei que é pequeno, é que eu não quero que fique uma coisa chata de se ler. Mas é só isso por enquanto, espero q gostem. Até sexta. xx

9 comentários:

  1. tá lindo,flor! <3
    melhor do que mts fanfics q eu vejo por aí! Posta logo,bjks

    ResponderExcluir
  2. Ameii o Capitulo Ficou Perfeito
    Essa fic Vai ter Jemi ne??
    Poste logo!! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que vc gostou, amor.
      Vai ser Jemi sim, em breve vc verá.

      Excluir
  3. Oi sou uma de seus afiliados e estou passando pra avisar que eu mudei o nome e o url do meu blog ;D Antes era Mandy Fanfictions.

    O nome agora é : Daydreamin Fics
    E o url é: http://daydreaminficsjemienelena.blogspot.com.br/

    Kisses e Tchauzinho!!

    ResponderExcluir